Nota de imprensa | A Unidade Local de Saúde de Trás-os-Montes e Alto Douro (ULSTMAD) reforça o quadro médico com a chegada de 10 Médicos de Medicina Geral e Familiar (MGF)

A Unidade Local de Saúde de Trás-os-Montes e Alto Douro (ULSTMAD) recebeu na passada quinta-feira, dia 1 de fevereiro, 10 médicos de Medicina Geral e Familiar (MGF), no âmbito do Procedimento Concursal aberto pelo Aviso n.º 23949-A/2023, de 11 de dezembro.

Estes médicos especialistas em MGF vão exercer atividade nas Unidades de Saúde Familiar e Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados dos Centros de Saúde de Chaves, Vila Pouca de Aguiar, Alijó, Mesão Frio, Murça e Lamego.

“Este reforço da capacidade de resposta revela o empenho e determinação das entidades que integram o Serviço Nacional de Saúde (SNS), em dotar os quadros de pessoal com profissionais qualificados, que garantam cuidados de saúde de qualidade. Embora as contratações de alguns destes médicos respeitem a substituição de ausências, o saldo líquido entre entradas em saídas é positivo, tendo aumentado o número de médicos nas USF”, refere Ivo Oliveira, Presidente do Conselho de Administração da ULSTMAD.

Com esta capacitação, a ULSTMAD garante paticamente a cobertura total por médico de família aos seus utentes. Desta forma, fortalece-se o papel do médico de família junto da comunidade, enquanto resposta de primeira linha, numa ótica de grande proximidade, possibilitando uma relação personalizada, duradoura e eficaz.

Vera Santos, Diretora Clínica para os Cuidados Primários, evidência “a importância destes profissionais na melhoria da acessibilidade da população aos cuidados de saúde, com impacto direto na prevenção e promoção da saúde, na gestão das doenças crónicas e na redução da pressão sobre os serviços de urgência”.

Miguel Maravilha, Diretor dos Recursos Humanos da ULSTMAD, salienta o esforço processual realizado no mês de janeiro pelo serviço para a integração no sistema de recursos humanos, de cerca de mil profissionais dos Cuidados de Saúde Primários, sem incidentes.

De referir que os Serviços de Atendimento Complementar (SAC) dos Centros de Saúde da área de influência da ULSTMAD, para além do funcionamento regular durante a semana, estão em atividade aos fins de semana, de forma a fortalecer a capacidade de resposta a todas as situações de doença aguda não emergente, constituindo a uma alternativa eficaz dos serviços de saúde a todas as situações que não necessitem de recorrer a uma urgência hospitalar.     

Da ULSTMAD fazem parte 59 Unidades Funcionais de Cuidados de Saúde Primários, em 23 Centros de Saúde, que em conjunto com as Unidades Hospitalares dão resposta a uma população de cerca de 369 mil habitantes; tem uma área de abrangência de 5500 km2 e serve 21 concelhos da região.

Partilhar: