Notícia Rádio Renascença | UCI de Vila Real com capacidade reforçada

 

Investimento de 1.4 milhões de euros aumenta capacidade de resposta a doentes covid e não covid.

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) reforçou a capacidade de resposta à pandemia de COVID-19 da Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) em Vila Real.

De acordo com o conselho de administração, forma investidos 1.4 milhões de euros na “reconversão de infraestruturas e no reforço de equipamentos nesta área hospitalar, dando resposta ao Plano de Contingência definido pela UCI do CHTMAD”.

Em comunicado, o CHTMAD esclarece que a UCI da unidade hospitalar de Vila Real “reorganizou a área dedicada a doentes com infeção pela SARS-COV-2 com nove boxes com pressão negativa, ajustou e criou circuitos independentes e efetuou o “upgarde” do equipamento de monitorização”.

“Reforçou também o número de ventiladores, bombas e seringas infusoras”, acrescenta o comunicado.

“Entre outras vantagens, esta reestruturação contribui para a melhoria da qualidade dos cuidados prestados e para o aperfeiçoamento e manutenção do circuito do doente crítico, permitindo dar resposta adequada aos doentes COVID e não COVID”, explica o CHTMAD em comunicado.

O conselho de administração destaca a “importância deste investimento e das mais-valias que o mesmo traz para a capacidade de resposta à população a quem presta cuidados de saúde”, assinalando que “só foi possível com o esforço, dedicação e espírito de missão dos profissionais do CHTMAD”.

Desde o início da pandemia, a UCI de Vila Real prestou assistência a 460 doentes COVID e não COVID.

Atualmente, encontram-se seis doentes internado por infeção SARS-COV-2 no CHTMAD, que tem sede social em Vila Real e agrega os hospitais de Chaves e Lamego.

Foram registados mais 3.299 casos e 28 mortes por COVID-19 em Portugal, indica o boletim epidemiológico divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal contabiliza 2.371 óbitos e 124.432 infeções pelo novo coronavírus.

Há mais 75 pessoas internadas com COVID-19 nos hospitais portugueses, num total de 1.747. Nas últimas 24 horas deram entrada mais de 13 doentes em unidades de cuidados intensivos (UCI), que têm agora 253 pacientes com o novo coronavírus.

» notícia

 

Partilhar: